O ShareTheMeal permite que as pessoas "share their meals" (partilhem suas refeições) com crianças necessitadas. Bastam 40 cêntimos para alimentar 1 criança durante 1 dia.

As refeições que partilharam ajudaram a dar refeições escolares a 25.000 crianças afetadas pela violência do Boko Haram. Com idade entre os 4 e os 13 anos, as crianças vivem em Logone e em Chari, a região mais a Norte dos Camarões. De momento, não têm refeições escolares por falta de financiamento. Juntamente com o World Food Programme (Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas), podemos ajudar a garantir o acesso à alimentação e à educação dessas crianças.

A ShareTheMeal é uma iniciativa sem fins lucrativos do United Nations World Food Programme (Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas). A nossa equipa encontra-se localizada em Berlim. Para contactar connosco, envie um email para support@sharethemeal.org.

As refeições que partilharam ajudaram a dar refeições escolares a 25.000 crianças afetadas pela violência do Boko Haram. Com idade entre os 4 e os 13 anos, as crianças vivem em Logone e em Chari, a região mais a Norte dos Camarões. De momento, não têm refeições escolares por falta de financiamento. Juntamente com o World Food Programme (Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas), podemos ajudar a garantir o acesso à alimentação e à educação dessas crianças.

O ShareTheMeal angaria fundos para a luta contra a fome. Os utilizadores podem dar 40 cêntimos (ou mais) apenas com  um toque na aplicação dos seus 'smartphones', alimentando 1 criança com fome durante 1 dia. Chamamos a isso "to share the meal" (partilhar a refeição). O United Nations World Food Programme (Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas) recebe os fundos e fornece as refeições. E nós mostramos, através da app, aos utilizadores onde e quem ajudámos.

795 milhões de pessoas em todo o mundo não têm comida suficiente para levarem uma vida saudável e ativa. Desde 1990, o número de pessoas que sofrem de fome foi reduzido em 216 milhões. Mas a fome continua a matar mais pessoas todos os anos do que o SIDA, a malária e a tuberculose combinados. Pretendemos mudar isso tão rapidamente quanto possível. A fome é o problema existente com maior solução: alimentar 1 criança durante 1 dia inteiro custa apenas 40 cêntimos.

O Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas é a maior agência humanitária em todo o mundo e é financiado a 100% por participações voluntárias, pelo que todos as doações contam. Em média, o WFP/PAM faz chegar ajuda alimentar a 80 milhões de pessoas, todos os anos. Os custos administrativos do WFP/PAM são dos mais baixos no setor das instituições sem fins lucrativos – 90% de cada donativo vai diretamente para as operações do WFP/PAM, trabalhando assim no sentido de construir um mundo com 'fome a zero'.  Mais de 80% da comida que  o WFP/PAM compra vem de países em desenvolvimento. Isso ajuda a sustentar as economias locais.

Sim, custa 40 cêntimos ao Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (PAM da ONU) alimentar 1 criança durante 1 dia. É o custo médio, que pode variar dependendo da região e da situação. Se o custo real for inferior a $mealpricewithcurrency, obviamente o excedente será utilizado para alimentar mais crianças. A ajuda alimentar nos países em vias de desenvolvimento é normalmente muito menos dispendiosa do que nos países com rendimentos elevados. O WFP/PAM trabalha também de perto com as ONGs locais, a fim de encontrar as formas mais eficientes de proporcionar ajuda.

A assistência alimentar fornecida pelo Programa Alimentar Mundial depende da situação.

As transferências de dinheiro ou vales são utilizadas para combater a fome em situações nas quais existe abundância de alimentos no mercado, mas as pessoas pobres não dispõem de meios para os adquirir. No Líbano, as famílias de refugiados sírios recebem vales eletrónicos, ou "e-cards", que podem ser trocados por alimentos à sua escolha nas lojas locais. Isto impulsiona a economia local e permite aos sírios terem acesso a produtos frescos, produtos lácteos, aves de capoeira e outras carnes.

Em situações de emergência, o WFP, frequentemente, distribui rações de produtos alimentares, as quais contêm alimentos básicos, tais como arroz, trigo bulgur, massas, lentilhas, comida enlatada, açúcar, sal, óleo de cozinha e farinha de trigo. As crianças, que são particularmente vulneráveis à subnutrição, podem receber alimentos altamente nutritivos, tais como biscoitos enriquecidos ou outros alimentos que não precisem de ser cozinhados. 

Nas situações mais estáveis, o WFP, frequentemente, fornece refeições escolares. Nas escola, as crianças recebem pequeno-almoço, almoço, ou ambos. Além disso, podem ainda receber rações para levarem para casa. Para muitas dessas crianças, estas são as únicas refeições, ou as mais nutritivas, que terão durante todo o dia.

Pretendemos apoiar tantas pessoas quanto possível, com alimentos suficientes para que possam levar uma vida saudável e ativa.

As refeições que partilharam ajudaram a dar refeições escolares a 25.000 crianças afetadas pela violência do Boko Haram. Com idade entre os 4 e os 13 anos, as crianças vivem em Logone e em Chari, a região mais a Norte dos Camarões. De momento, não têm refeições escolares por falta de financiamento. Juntamente com o World Food Programme (Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas), podemos ajudar a garantir o acesso à alimentação e à educação dessas crianças.

Nossa missão é combater a fome mundial da maneira mais eficiente e eficaz possível. A grande maioria das pessoas que passam fome no mundo vivem em países em desenvolvimento. Aqui, podemos alcançar um grande impacto com poucos meios, por exemplo, 40 cêntimos para alimentar 1 criança por 1 dia.

O ShareTheMeal foi fundado por um fundo de inovações do United Nations World Food Programme (Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas), e por donativos generosos de investidores providenciais, filantropos e empresas (incluindo descontos significativos nas comissões sobre transações financeiras). As despesas administrativas gerais da WFP/PAM são das mais baixas do mundo entre as instituições sem fins lucrativos: 90% de cada donativo vai diretamente para as operações de combate à fome da WFP/PAM.

Sebastian Stricker e Bernhard Kowatsch fundaram o ShareTheMeal em abril de 2014, em Berlim, durante uma licença sabática. Para o crescimento da ShareTheMeal, foi essencial o contributo de numerosos colaboradores voluntários.

O ponto de partida para a ShareTheMeal é que é realmente muito "barato" alimentar 1 criança (que de outra forma não teria o suficiente para comer) por 1 dia. Acreditamos que mais pessoas ainda estariam dispostas a ajudar se houvesse uma maneira simples e direta de fazê-lo. É aí onde surge a app ShareTheMeal!

ShareTheMeal é agora um projeto inovador incluído no WFP/PAM. A equipa está localizada em Berlim, Alemanha. Gostaríamos muito de saber de si - envie-nos um e-mail para support@sharethemeal.org. Pode saber mais sobre ShareTheMeal em https://sharethemeal.org/.

Atualmente, estamos a lançar os donativos mensais para a ShareTheMeal. Disponibilizaremos novas funcionalidades, tão breve quanto possível. Atualize regularmente a sua aplicação, a fim de ver o que há de novo!

As empresas de cartões de crédito e os bancos recusam os cartões por vários motivos. A fim de garantir que as suas informações financeiras permanecem seguras, a ShareTheMeal não recebe detalhes sobre o motivo de recusa do seu cartão de crédito. Infelizmente, isto significa que não podemos resolver esse 'problema' por si. Se o seu cartão for recusado, por favor, contacte a sua empresa de cartões de crédito ou o seu banco para obter ajuda no sentido de realizar o seu donativo.

Levamos muito a sério a sua segurança e envidamos todos os esforços no sentido de garantir que as suas informações de pagamento se encontram seguras. Começamos por disponibilizar a nossa estrutura através de uma plataforma HTTPS, para que o seu smartphone comunique com o nosso servidor apenas por um canal seguro. As suas informações financeiras são geridas com segurança, em nosso nome, pela Braintree, uma empresa de pagamentos da PayPal reconhecida a nível global (Compatível com o DSS PCI de Nível 1).

Por agora, as contribuições através da ShareTheMeal são consideradas ofertas pessoais e não há garantia de serem dedutíveis nos impostos. No entanto, em vários países poderão ser consideradas dedutíveis.

Posteriormente, e sempre que possível, pretendemos proporcionar a possibilidade de dedução de impostos. Note que a dedução de donativos depende da legislação de cada país.

Por cada refeição partilhada, verá uma criança necessitada a receber alimentos da nossa parte. Estamos a trabalhar em soluções no sentido de fornecer mais informações sobre o impacto do "Share the Meal". No entanto, queremos também ter a certeza que isso não portará um aumento aos nossos custos operacionais assim prejudicando ou diminuindo a nossa capacidade de seremos capazes de alimentar o maior número possível de crianças.

Para ativar/desativar as notificações "push" no seu telemóvel android, abra as configurações e toque no gestor de aplicações. Navegue para baixo até chegar à ShareTheMeal e selecione/desselecione a opção "mostrar notificações".

Para ativar/desativar as notificações "push" no seu iPhone, abra as configurações do seu dispositivo e toque no centro de notificações. Selecione a ShareTheMeal para ativar/desativar as notificações "push".

A ShareTheMeal garante que os pagamentos cheguem aos beneficiários da forma mais eficiente e eficaz possível. 40 cêntimos cobrem o custo total da alimentação de uma criança para um dia. Nesse valor, estão incluídos todos os custos relacionados: os alimentos, o transporte e a preparação de refeições, a monitorização regular, bem como todos os outros custos relevantes. Por favor, tenha em conta que 40 cêntimos refere-se a um valor médio que poderá variar consoante a região e a situação. Se os custos reais forem inferiores a 40 cêntimos por criança e por dia, o excedente será, obviamente, utilizado para alimentar outras crianças.

Os custos operacionais da ShareTheMeal são financiados por um fundo para inovações do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (PAM), bem como por doações generosas de empresas e filantropos.

Se tiver alguma questão que ainda não tenha sido respondida aqui, por favor, envie a mesma por email para support@sharethemeal.org e iremos responder-lhe tão breve quanto possível. Se recebermos várias perguntas sobre um tópico semelhante, adicionaremos esse tópico como Pergunta Frequente, para que possa ser facilmente acedido por outras pessoas.